JUNTAR FORÇAS POR GRÂNDOLA

Março 16 2010

 

Ouvimos coisas que nos deixam de boca aberta e não podemos deixar de mais uma vez, esclarecer a nossa posição e o que defendemos.
 O Bloco de Esquerda em Grândola, preocupa-se com tudo o que achar por bem preocupar-se, tudo o que diga respeito ao bem estar da população de todo o Concelho, independentemente do facto das populações votarem ou não Bloco.
 Gostaríamos que esse facto ficasse claro de uma vez por todas. Não precisamos de “vozes de aviso” como aconteceu sobre a ponte do Lousal em que fomos a modos que avisados que não valia a pena preocuparmo-nos porque a população ali vota noutros partidos. Não é isso que importa. Importa ver e dar a conhecer o que consideramos mal, importa que se dê voz a populações que não têm muitos meios por onde o fazer. Nesta altura não estamos à “caça de votos” nem a recompensar votos conseguidos. A propósito deste assunto de expressar preocupações, vimos ainda lamentar o facto de o Dirigente do Bloco de Esquerda de Grândola ter sido ouvido e convidado para as rádios vizinhas a pronunciar-se sobre o problema da ponte do Lousal e se ter visto impedido de o fazer na nossa Rádio Local, a RCG, que por sinal, nem se consegue ouvir na localidade.
 Terminamos com a costumeira nota positiva em forma de aviso também: ao que soubemos acabaram definitivamente as Urgências em Grândola, quiçá em nome do Choque Tecnológico, ou talvez do famigerado PEC.
 Um grande Bem Haja a todo o Concelho.
 
Pelo Bloco de Esquerda de Grândola,
Josefina Batista
publicado por Bloco Grandola às 23:49
|  O que é? | favorito

Mais um artigo "daqueles". Por isso eu gosto de cá vir. Porrada por todo o lado, mas com pinta!
Até parece que as fotos que circulam por todo o lado tiradas à ponte não foram tiradas pelo pessoal do Bloco!
É assim mesmo D.Josefina. Doa a quem doer!
Bem haja!
G.I. a 17 de Março de 2010 às 01:27

Ahhh agora já percebem o que é a gente dessa terrinha?
Uma cambada de ingratos, mal agradecidos, incultos e nada de fiar.
Os meninos do Bloco andam de olhos fechados, abram-nos!
Todo o latim e boa vontade ali são mal empregues.
Não é que não tenham sido avisados antes. Querem tudo de mão beijada... gentinha...
Anónimo a 17 de Março de 2010 às 12:52

E acrescento mais, esta gente anda às costas de tudo e todos, são uns oportunistas!
Anónimo a 17 de Março de 2010 às 12:53

Vocês em Grândola parece que quanto mais lhes batem mais vocês gostam.
Ainda me lembro de como o litoral alentejano se levantou contra a implantação das lixeiras de resíduos tóxicos. Quem tentou isso saiu vitorioso.
Quem nada fez para impedir o fecho do cruzamento por baixo da escola primária, complicando a vida a todas as pessoas que tinham que passar pela estrada velha para Santiago, nomeadamente os de Santa Margarida foi compensado.
Quem arranjou maneira de dificultar o acesso a Setúbal por Tróia foi compensado. Aqui até se pode dizer que se cometeram os maiores crimes do país, em termos ambientais e transparentemente. As compensações foram com maiorias absolutas.
A estupidez também é uma arte.
Vocês do Bloco, quando forem menos sérios também serão compensados.
Não se esqueçam que o Zeca foi muito maltratado em Grândola depois do 25 de Abril de 74 e agora até fascistas são capazes, como já o foram, de ir ao Lousal cantar o Grândola, Vila Morena.
j.pereira a 17 de Março de 2010 às 18:48

“PEC”

PEC, PEC, PEC

PEC, PEC, PEC
PEC embrulha

PEC, PEC, PEC
PEC vai buscar

PEC embrulha
PEC vai buscar

Dois buracos à sua escolha

PEC embrulha para depois
PEC vai buscar não podes escapar

PEC embrulha
PEC vai buscar

Dois buracos à sua escolha

PEC, PEC
PEC, PEC, PEC.
Anónimo a 17 de Março de 2010 às 23:38

Os comentários estão cada vez mais artísticos, oh malta marada! E já cá está a senhora do Contra, que tolinha.. cheguem-lhe mecha!
toino a 17 de Março de 2010 às 23:54

“País de ficção”

Num país de ficção,
José Trocas-te amas-nos ou não ?
há agora a PEC dominação
terminará com a crise ou não ?
combustíveis em inflação
electricidade em ascensão
é tudo por uma boa razão
é para pagar o prémio de gestão
e o Zé em acelerada putrefacção
não liguem é apenas ficção

Num país de ficção,
onde Alcochte Jamais, então ?
onde as escutas não passarão
onde existe cada passarão
onde o TGV é obsessão
onde a dívida é uma fixação
e sobe por hora um milhão
a produtividade é espelho da remuneração
é bom viver com as calças na mão
não liguem é apenas ficção

Num país de ficção,
onde existe sempre uma canção
para nos libertar a emoção
da mágoa que nos enche o coração
por não vermos evoluir a nação
por não soprar vento de feição
que nos liberte a imaginação
nos permite alcançar a próxima estação
há agora a PEC dominação
José Trocas-te amas-nos ou não ?
Anónimo a 18 de Março de 2010 às 00:53

Que vergonha essa senhora, ou esse senhor que ódeia o pessoal do Lousal. Cá pra mim está cá a gozar com todos, do Lousal e não só, de todo o Concelho. Deve ser uma ou um pára quedista dos que mamam tudo ás custas, do trabalho de quem cá nasceu, cresceu e dedicou toda a sua vida ao Lousal. Como é possivel haver pessoas assim: não pode haver é mentira, tem que ser mentira, essa pessoa até sabe que temos razão, que somos um povo civilizado, digno, mas que não se deixa vender por uma coisa qualquer, ou seja não se vende por nada: tem DIGNIDADE. Amigo dos seus Amigos; mas cada coisa em seu lugar. As verdades são para ser ditas, e esta é uma que não se pode ESCONDER. RESPEITEM_NOS, respeitem esta gente Humilde e SÈRIA: Obrigado a TODOS.
Um Lousalense a 18 de Março de 2010 às 17:37

O que me deixa de boca aberta é que cada vez que se fala dessa aldeia venha alguém deitar as pessoas, o blog e o partido politico abaixo!
É que já enjoa!
omo diz o lousalense, deixem o pessoal em paz, se não gosta não coma. agora estar aqui de sentinela à espera de coisas sobre o lousal, já é preciso ser-se mesmo maldoso.
Quanto ao artigo, é de lamentar que a NOSSA rádio local que devia prestar um serviço de utilidade pública faça orelhas mocas aos problemas e ignore o que não devia ignorar.
Pelo que percebi, também não virou as "antenas" para o Lousal, lá não se ouve! Mas isto é normal? Já os ouvi no Montijo e não chega lá? E não se pensa em fazer nada para colmatar essa falha, nem que seja para as pessoas poderem ouvir os discos pedidos (já que não tem grande leque de ofertas)?
Isto vai mesmo mal... tsc, tsc, tsc
toninho a 18 de Março de 2010 às 20:08

O que me espanta a mim é que parece que ninguém leu o artigo como deve ser, ninguém disse mada sobre a posição que o Bloco de Grândola defende aqui: denunciar os problemas locais mesmo que não angarie votos nas respectivas localidades.
Isto sim, é que devia ter sido lido e com muita atenção, porque demosntra alguma nobreza e justeza pelas causas. Demonstra também que nem todos são iguais e que estas pessoas se juntaram para fazer a diferença no marasmo da política actual.
Se não sabem ficam a saber que o Bloco nem se candidatou ao Lousal e mesmo assim o defende, ora isto quer dizer alguma coisa, ou não?
Se as intenções são boas, não tenho já muitas dúvidas. Porém já só por curiosidade, gostaria de imaginar qual seria a resposta do lousal caso se tivessem candidatado para lá e nesse caso, sim: haveria bases para dar razão ao pára-quedista ou às boas pessoas da terra.
Esta questão é que me deixa intrigada, pois tenho acompanhado a política local há muitos anos e nunca vi partido nenhum fazer pelo lousal em termos de " por a boca no trombone" como o Bloco. Talvez porque ali os votos sejam " favas contadas"... e assim se despejam ressentimentos particulares e pessoais em vez de se fazer política HUMANA e de se notar a firme posição do partido em Grândola que é DIFERENTE de todos os outros.
Pensem nisto!
A verdadeira oposição ao actual executivo é feita pelo Bloco, ou já se ouviu algum outro partido político criticar e denunciar seja o que for?
Boa noite
Sandra Barcelos a 18 de Março de 2010 às 23:14

Governo congela salários até 2013!

«O Diário Económico apurou que o PEC vai prever uma política de moderação salarial para a Função Pública até 2013, com metas definidas sobre o peso da factura com pessoal no total da despesa do Estado»

Ora cá vão uns salariozitos que vão entrar em "moderação" e não vão aumentar:

- Mata da Costa: presidente CTT, 200 200,00 €
- Carlos Tavares: CMVM, 245 552,00 €
- António Oliveira Fonseca: Metro do Porto, 96 507,00 €
- Guilhermino Rodrigues: ANA, 133 000,00 €
- Fernanda Meneses: STCP, 58 859,00 €
- José Manuel Rodrigues: Carris, 58 865,00 €
- Joaquim Reis: Metro de Lisboa, 66 536,00 €
- Vítor Constâncio: Banco Portugal, 249 448,00 €
- Luís Pardal: Refer, 66 536,00 €
- Amado da Silva (ex-chefe de gabinete de Sócrates): Ana com, Autoridade Reguladora da Comunicação Social, 224 000,00 €
- Faria de Oliveira: CGD, 371 000,00 €
- Pedro Serra: AdP, 126 686,00 €
- José Plácido Reis: Parpública, 134 197,00 €
- Cardoso dos Reis: CP, 69 110,00 €
- Vítor Santos: ERSE, Entidade Reguladora da Energia, 233 857,00 €
- Fernando Nogueira (este não é o ex-PSD que se encontra em Angola): ISP, Instituto dos Seguros de Portugal, 247 938,00 €
- Guilherme Costa: RTP, 250 040,00 €
- Afonso Camões: Lusa, 89 299,00 €
- Fernando Pinto : TAP, 420 000,00 €
- H enrique Granadeiro: PT, 365 000,00 €

Fonte: Jornal SOL de 22/01/2010

E ainda faltam as Estradas de Portugal, EDP, Brisa, Petrogal, todas as outras reguladoras e observatórios...
Enfim é um fartar vilanagem! E pedem contenção e moderação!!!!

Imaginem o que é pagar um subsídio de férias ou de Natal a estes senhores: ''Tome lá meu caro amigo 35 000 euros para passar férias ou fazer compras de Natal''.

E pagar-lhes esta reforma... É no mínimo imoral e no máximo corrupção à sombra da lei... Até porque estes cargos não são para técnicos, mas são de nomeação política. É isto que lhes retira toda e qualquer credibilidade junto do povo e dos quadros técnicos.
Anónimo a 18 de Março de 2010 às 23:30

Ora bom dia a todos!
Este comentário da Sandra está muito bem feito e realista. Agora até eu fiquei a pensar... qual seria o resultado?
Ah pois! Penso que no fundo nada iria mudar. Cada um é dono da sua cabeça.
Mas é um comentário para pensar. Não só no que respeita ao lousal, mas sobretudo na oposição que é feita em Grândola. É que até o grande P.C.P. já há muito tempo que perdeu o enorme poder de mobilização que já o caracterizou. P.S.D. é coisa que não existe, o resto é paisagem.
Com muito poucos meios, o pessoal do Bloco vai fazendo o que pode.
Cá pra mim é assim: apesar de jovem e bem intencionado este partido nunca foi composto por pessoas burras, e daqui tirem as ilações que quiserem.
O facto de denunciarem estes problemas, não quer dizer que estejam piamente acreditando que irão tirar votos dali, eu acho que apenas começam a levantar o véu aos que pensam que nada há a apontar ao executivo. É porque há e muito! Umas coisas passam-se longe, outras escondidas, mas nunca vi bela sem senão.
E o comentador Pereira que diz "vocês de Grândola" já começa a fazer ele mesmo, distinção entre quem está na sede do Conselho e quem não está, porque pelos vistos não é da sede. Não vamos por aí, dividir para reinar é lema dos tiranos, não de democratas.
E cá vai mais um Grande Bem Haja. Pessoal do Bloco, não desanimem. Há sempre alguém que espera e lê com muito gosto e vai ficando agradado com a vossa SEMPRE MESMA TITUDE que não muda conforme os ventos e marés.
G.I a 19 de Março de 2010 às 09:59

Para aqueles que tem dúvidas de quem tem razão, dou-lhe dois exemplos: Quando da construção da nova linha férrea Lisboa, Algarve, ocorreram grandes obras nessa mesma via na parte que toca ao Lousal. Os acessos ficaram completamente danificados, quando a obra acabou, por e a conselho de álguém a nossa Câmara insistiu junto da Refer, para que contribuísse com uma parte das despesas no arranjo dos referidos acessos ao Lousal. Ficou então acordado, que a Refer pagaria 50% dos custos. Passados 7 ou 8 anos, os acessos continuam na mesma ou ainda piores: estranhando a situação, foi mandada averiguar, conclusão; a Refer já pagou á nossa Câmara, e os acessos continuam por arranjar, pergunto: Para onde foi o Dinheiro que foi dado para o Lousal? ´não sei, só sei que a Refer pagou á Câmara. Outro exemplo: a Câmara diz que foram feitas vestorias á ponte do Lousal: Pergunto, onde estão, mostrem-nas devidamente assinadas pelos responsáveis técnicos. Não não é verdade não houve vistoria nenhuma, a única vistoria foi uma visita feita com os Olhos, e mais nada. Agora DESMINTAM E PROVEM. Um abraço Lousalense.
Um Lousalense a 19 de Março de 2010 às 10:37

Um Blogue do Bloco de Esquerda de Grândola atento ao Mundo
mais sobre mim
Março 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


pesquisar
 
NOSSO EMAIL
blocograndola@gmail.com
ESTÀS A OUVIR
VENHAM MAIS CINCO
VENHAM MAIS CINCO
blogs SAPO